10/07/2019 10:10

0

Política Nacional

Reforma da Previdência

Lupi e Ciro ameaçam expulsar Tabata Amaral do PDT caso vote a favor da Previdência

Deputada enfrenta resistência dentro da própria agremiação

A nova musa da esquerda está enfrentando resistência dentro do seu próprio partido caso vote a favor da Reforma da Previdência. A deputada Tabata Amaral (PDT-SP)  está sendo ameaçada de expulsão do partido caso aprove o projeto. 

O ex-ministro e ex-candidato Ciro Gomes ligou para Tabata na última terça-feira, 10, ameaçando-a que será expulsa da agremiação caso vote a favor da medida. 

O presidente da legenda, Carlos Lupi, ex-ministro do Trabalho no governo Dilma, afirma que irá expulsar todos os parlamentares do partido que votarem a favor da reforma proposta pelo ministro Paulo Guedes  (modificada em alguns pontos) e que provavelmente passará hoje pela Câmara dos Deputados. 

Segundo o Estadão, 7 dos 27 deputados do PDT são a favor da reforma, 13 contra, quatro indecisos e três que não quiseram responder, como Tabata. 

 “O governo tem um poder de convencimento que a gente não tem. Nós temos as palavras e eles têm emendas. Eles têm olhos azuis e nós, negros. Então, muita gente usa a Tabata para se proteger da decisão, alguns por convicção e outros por utilidade pública”, disse Lupi sobre o posicionamento da deputada. 

Fontes do Congresso dizem que ela pode migrar para o PSDB ou outro partido social democrata.