09/07/2019 21:00

0

Política Paraná

Confusão

Grevistas tentam invadir a Alep após discurso de deputado defendendo o Governo

Deputado Missionário Arruda (PSL) deixou o plenário às pressas

Manifestantes e servidores públicos do Estado vinculados à sindicatos, e que estão há 15 dias em greve, “invadiram” as galerias da Assembleia Legislativa do Paraná na tarde desta terça-feira, 9. 

Após se sentirem provocados pelo deputado Missionário Arruda (PSL), durante uma fala em que defende a proposta de reajuste apresentado pelo Governo do Estado, os grevistas que acompanhavam do lado de fora tentaram entrar à força no prédio. 

Os manifestantes forçaram algumas portas de acesso ao plenário e o deputado Missionário Arruda saiu por uma porta lateral. A fala irritou os manifestantes porque ele defendeu a reposição de 5,09%, divididas em parcelas até 2022, proposta oferecida pelo governador Ratinho Júnior. 

O presidente da Alep, Ademar Traiano (PSDB), chegou a suspender a sessão, que foi retomada após os grevistas se acalmarem. Tropa do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) foram chamados para garantir a segurança do local.

A todo instante os servidores puxavam um coro de “Fora Feder”, pedindo a demissão do Secretário da Edução do Paraná (SEED), Renato Feder.

Foto: Divulgação/Tribuna PR